Hélio No Comments

Após visitas feitas no passado pelo Grupo Boa Vida (GBV) ao centro Mamã Madalena, onde fez-se o levantamento das necessidades que assolam o centro de acolhimento raíz do Cazenga, prestou-se esta manhã um apoio assertivo com bens alimentares para o bom funcionamento do lar e criação de condições propícias para o crescimento saudável das crianças bem como para trabalho dos voluntários do centro.

«É necessário cuidarmos da saúde física, alimentar-se bem, para vocês crianças investirem esforços para estudarem bem, porque a boa educação garante-nos um futuro mais bonito e brilhante», afirmou às crianças Tomasz Dowbor, PCA do GBV.

Com o intuito de dar o máximo apoio, o GBV reforçou a ajuda ao centro para que sempre que possível apoie no transporte dos produtos agrícolas produzidos na lavra da Mamã Madela, no Kikuxi, município de Viana.

É já a terceira vez que o GBV solidariza-se com a causa da Mamã Madalena, que acolhe actualmente 63 crianças que vivem e são educadas no centro, para além de abrir portas para as demais crianças carenciadas do bairro para oferecer ensino de base.

«Para nós não se trata apenas de uma responsabilidade corporativa que deve ser cumprida, mas também do nosso dever enquanto cidadãos angolanos de cuidar e salvaguardar o bem-estar do nosso próximo», finalizou Tomas Dowbor.

Deste modo, com actos simples como este, para que as crianças tenham as suas necessidades básicas supridas, a longo prazo estas crianças podem dar continuidade e empenharem-se para o desenvolvimento do nosso país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *